planta galeria comercial

planta 8º - 18º andar

planta 20º - 30º andar

corte transversal

A área, antes ocupada com a construção do Palacete Uchôa, feito pelo arquiteto Victor Dubugras, para a residência da própria família Uchôa, no começo do século XIX, deu lugar ao Colégio Des Oiseaux, pertencente a uma ordem católica, que construiu ao lado do Palacete o Instituto Sedes Sapientiaes, projetado pelo arquiteto Rino Levi, e que hoje abriga a Pontifícia Universidade Católica (PUC).

Por ser um espaço de tantos projetos arquitetonicamente importantes, o projeto pretende resgatar essa memória arquitetônica da cidade, criando um espaço para exposições, oficinas, workshops, seminários, palestras, eventos e até uma proposta de construções temporárias ao ar livre.

fotos: Bruno Buccalon

Projeto de ocupação do lote situado entre as ruas Caio Prado, Marquês de Paranaguá, Augusta e Consolação. Desenvolvido durante a graduação na disciplina de Projeto.

Parque Augusta

A proposta inclui a integração total com a PUC, retirando o muro e criando uma praça. Os caminhos que permeiam o bosque aumentam a integração com a natureza e criam espaços de passeio e descanso. 

O café construído no bosque aproveita a estrutura pré-existente de uma casa. Uma praça de águas, criada na praça seca, se ilumina a noite, caracterizando o uso noturno desse lugar e convidando pedestres a entrarem no parque pela Rua Augusta.

planta térreo

elevação rua augusta

O projeto de um edifício na quadra do parque Augusta, que por sua vez está inserido entre as ruas Augusta, Caio Prado, Marquês de Paranaguá e Consolação, propõe a conexão dentro da própria quadra como objetivo de interligar essas ruas e suas diferentes cotas.

 

Nesse sentido, o partido do projeto é um edifício que surge com suas circulações e seus programas em espiral até chegar em uma lâmina recortada, que oferece ruas, praças, serviços e comércios em duas cotas superiores.

 

Parque Augusta - Edifício Híbrido

rua augusta

rua marquês de paranaguá

rua caio prado

O edifício multifuncional, ou híbrido, abriga no térreo um teatro, um café, salas de oficina e trabalho e uma praça seca que se conecta ao bosque com seus caminhos e pequenas praças, atravessando a PUC até chegar na rua da Consolação, onde uma passagem subterrânea promove a travessia da avenida e a conexão com o metrô. Na cota superior ao térreo encontra-se uma praça que permeia todo o parque e conecta a rua Marquês de Paranaguá ao edifício.

 

Acima dessa cota está a galeria comercial, que repete a circulação horizontal espiralada e leva a outra praça no andar superior. Essa situação se repete uma cota acima, promovendo o fluxo horizontal, uma vez que os programas acontecem em diferentes cotas e prumadas do edifício.

habitação

escritórios

serviços

circulação

vertical

galeria comercial

teatro, café e salas de trabalho

garagem

programa

rua marquês de paranaguá

rua caio prado

implantação

planta térreo